27 September 2016

Saffron Bundt Cake with Pears / Bundt de Açafrão com Pêras.


Fika & Hygge is the name of Brontë Aurell new cook book.
As you all might know, Brontë Aurell runs, with her husband Jonas, the acclaimed Scandikitchen Café in central London.
This book is all about comforting bakes and cakes from Scandinavia.
I might confess that I have a secret obsession about Scandinavian food in general, and baking in particular.
Amongst other scandinavian books, I have two books from this author.
The first one features a bit of everything, from salads, to main meals, to desserts and baking.
This one is more specific and focus on baking and on the Scandinavian Fika & Hygge.
According to the descriptions in the book itself:
"Fika is a Swedish word that means to meet up for a chat over a cup of coffee or tea and something delicious. It is also the word for the tasty treats themselves. Swedes traditionally stop twice a day for fika, even at work where there are special dedicated fika rooms to take a break from the daily grind. People fika with family, colleagues, friends, children and even go on fika dates".
"Hygge is a word that originated in Norway but is now mainly used in Denmark. It means the sublime state of inner warmth or satisfaction you fell when you are spending time with loved ones and nothing else matters. Hygge can be enhanced by the addition of a log fire, a good movie, a cup of something warm and a sweet treat; hence the marriage of the two concepts, which together represent a lifestyle and an outlook to aspire to".


This cake is the second recipe I tested from the book. The first one, were these delicious savoury waffles (I'll share the recipe, soon I promise...) and both, waffles and this cake, were absolutely delicious and a fantastic treat.
September for Marta means pears and pears was the ingredient she chose for this month.
As soon as I saw this recipe in the book, I straightaway decided that I would bake it and take it to Marta's table and her September, the month of pears. Not just because Marta chose pears as her ingredient of the month, but also because I love pears and I love saffron and I couldn't stop thinking of the combination of both, together, in a cake...
Curious? Try it and you tell me...

ingredients (serves 10):
30g fine breadcrumbs, for the tin
50g butter
100ml whole milk
1/2 tsp ground saffron (I used strands that I grinded in the pestle and mortal)
2 large or 3 small pears, peeled, cored, diced into bite size chunks and tossed with a squeeze of lemon juice.
325g granulated or caster sugar
4 eggs (I used large ones)
300g plain flour
2 tsp baking powder
1 tsp vanilla extract
1/2 tsp of fine sea salt
50g greek yoghurt
icing sugar, for dusting
method:
Preheat the oven to 180ºC.
Grease a 25cm Bundt cake tin and coat with the breadcrumbs, tipping out the excess.
Melt the butter. Add in the milk and saffron and stir to combine. Set aside to infuse.
In a mixing bowl, beat the sugar and eggs until thick, light and fluffy, using a balloon whisk.
Mix the remaining dry ingredients together and sift them into the egg mixture.
Fold until incorporated.
Add the greek yoghurt and the saffron/milk misture and fold gently until completely combined.
Pour the cake batter into the tin and scatter the pear over the batter.
Bake for 30 to 35 minutes or until a skewer inserted in the centre of the cake comes out clean.
Leave the cake to cool in its own tin before turning it out onto a serving plate.
Dust with icing sugar and serve with whipped cream (I served with crème fraîche).
__________________

Fika & Hygge é o nome do novo livro de Brontë Aurell. Uma dinamarquesa que, juntamente com o marido Jonas (sueco), são proprietários de um conceituado café/loja em Londres, o Scandikitchen.
O livro é, todo ele dedicado a bolos, bolinhos e outras iguarias escandinavas e de puro conforto.
Confesso-vos que tenho uma secreta obsessão pela cozinha escandinava em geral e pelo "baking" escandinavo em particular. Não sei se além da tal costela italiana de que vos falei neste post, não terei também uma costela escandinava...
Tenho vários livros de cozinha escandinava, sendo este, o segundo livro que compro deste autor. O primeiro livro contempla um bocadinho de tudo. Desde saladas, a carne e peixe, passando por sobremesas e baking.
Este, este é mesmo só de baking e adoro!! Baking escandinavo e de conforto e que agora, nesta estação Outono/Inverno, é só o que apetece.
Além das receitas, o que gosto mesmo deste livro é do conceito e do famoso e escandinavo "way of life" o Fika & Hygge.
De acordo com as definições descritas no próprio livro, "Fika" é uma palavra sueca que significa "encontrar-se com pessoas para conversar, beber um café ou um chá e comer algo delicioso", sendo que Fika, define também esse "algo delicioso".
Ainda de acordo com o livro, tradicionalmente, os suecos encontram-se ou fazem pausas, duas vezes por dia para o "Fika" sendo que, nos próprios locais de emprego, têm salas específicas para, nos intervalos, fazerem uma pausa para o "Fika".
O "Fika" pode ser feito entre famílias, colegas de trabalho, amigos, com as crianças ou, até mesmo servir para encontros amorosos.
"Hygge" é uma palavra que surgiu na Noruega e que agora é muito usada na Dinamarca e que define o estado interior de prazer e satisfação que se sente, ao partilhar e desfrutar de momentos na companhia de quem se ama, sem que mais nada ao redor seja importante. Este estado de "hygge" pode ser enriquecido com o fogo de uma lareira acesa, um bom filme, algo quente para beber e/ou, algo doce para degustar.
Há no entanto que ter atenção que, são a a conjugação do "Fika" e do "Hygge" que representam, em conjunto, o corolário, o sublimar e a concretização da aspiração a um estilo de vida escandinavo e único e eu..., confesso, adoro estes dois conceitos...
Este bolo foi a segunda receita que testei deste livro, pois a primeira, foram estas waffles que, prometo, publicarei brevemente... e ambos, bolo e waffles, não desiludiram em nada. Antes pelo contrário, ambos proporcionaram verdadeiros momentos de prazer.
Setembro para a Marta é o mês das pêras e eu, claro, não podia deixar este mês terminar sem trazer uma receita com pêras para a nossa querida Marta...
Assim que vi esta receita no livro (além das pêras para a Marta), fiquei muito curiosa com a combinação do açafrão e das pêras e como tal, claro que não sosseguei enquanto não a experimentei e assim sendo, deixo-vos este delicioso bolo que além de ir para a mesa de Setembro da Marta, proporcionou, por aqui, bons momentos de "Fika & Hygge".


ingredientes (para 10 porções):
30g pão ralado fino, para a forma
50g manteiga + extra para untar a forma
100ml leite gordo
1/2 colher chá de açafrão em pó (eu usei filamentos que reduzi a pó no almofariz)
2 pêras grandes, ou 3 pêras pequenas, descascadas, descaroçadas, cortadas em cubos pequenos e misturadas com sumo de limão para que não oxidem.
325g açúcar granulado ou refinado branco
4 ovos (eu usei L)
300g farinha de trigo branca
2 colheres chá de fermento para bolos
1 colher chá de pasta ou extracto de baunilha
1/2 colher chá de sal refinado
50g iogurte grego
açúcar em pó, para polvilhar


preparação:
Aquecer o forno a 180ºC.
Untar uma forma de Bundt com cerca de 25cm de diâmetro e polvilhar com o pão ralado, sacudindo o excesso. Reservar.
Derreter a manteiga e misturá-la com o leite e o açafrão. Reservar e deixar em infusão.
Na taça da batedeira eléctrica equipada com o balão, bater os ovos com o açúcar, até obter uma mistura espessa, cremosa e macia.
Numa taça à parte, misturar todos os ingredientes secos e peneirá-los sobre a mistura dos ovos batidos. Envolver tudo, até todos os ingredientes estarem bem incorporados.
Adicionar o iogurte grego e a mistura do leite/açafrão e combinar tudo muito bem.
Deitar a mistura na forma e distribuir os pedaços de pêra pela superfície.
Levar ao forno por 30 a 35 minutos, ou até um palito inserido no meio do bolo sair limpo.
Deixar o bolo arrefecer na própria forma, transferindo-o depois, para um prato de serviço.
Polvilhar com açúcar em pó e servir com natas batidas (eu servi com crème fraîche).

Recipe / Receita: