20 July 2016

Summer Pudding for the Sweet World Challenge / Pudim de Verão para o Sweet World.


20th of July and it's time for another Sweet World Challenge.
This month and to enjoy all the berries that are in season now, we decided to challenge you to make a British Summer Pudding.
Talking British and Puddings, of course I had to make this fabulous recipe from Regula Ysewijn bible of puddings, her fabulous book "Pride and Pudding" which I previously introduced in this post.
Let's now find out what is a Summer Pudding?
Summer pudding or Summer fruit pudding is a British dessert made of sliced white bread, layered in a deep bowl with fruit and fruit juice.
It is left to soak overnight and turned out onto a plate.
The dessert was most popular from the late 19th to the early 20th century. However, there is no clear record of its origin.
Making summer pudding is much easier if the bread is somewhat stale as this helps the fruit juices soak through the bread, which makes the pudding more pleasant. It is usually served with cream.
The fruits typically used in summer pudding are raspberries, strawberries, blackcurrants, redcurrants, whitecurrants, and blackberries.
According to Regula's book, strawberries are to be avoided as they do not remain pleasant enough to enjoy after a couple of hours or a night of soaking.
Let's make a Summer Pudding then?



As you all know by now, the rules remain the same as always, which means:

  • You have until the 20th of August to make and publish your Summer Pudding. 
  • That same day, 20th of August, Susana will let you know in her blog, the theme for the next challenge.
  • You'll have to leave the link for your participation here, in this post, in order to be featured in the monthly round up that will be published on the 25th of August. 


Summer Pudding

I have to confess that being a berry lover and finding the Summer Pudding a beauty, I never made one. This was the very first time. I always thought that I wouldn't like it. Silly me!!! I so regret that now that I tasted this one.
Leaving in the UK for 10 years already, I waited until now to make this utterly delicious beauty!
The pudding is fairly easy to make. The only important thing you need to have in mind is that you have to use the best quality white bread or else, your pudding will certainly collapse.


ingredients (for a 17cm basin):
650g raspberries
150g blackberries
100g redcurrants, or blueberries or frozen mixed berries
50g raw sugar (demerara)
1 loaf of white plain bread
method:
Lightly grease the pudding basin and line with cling film.
Leave enough clingfilm overhanging the edges of the basin to cover the pudding.
Put the berries in a saucepan with the sugar and heat gently for 2 to 3 minutes or until the juices are running. If using frozen berries, you'll need to stew them a little longer. Let the berries cool in the pan.
Cut a round out of a slice of bread to fit the bottom of the basin.
Cut the remaining bread in 1cm thick slices.
Cut the slices in triangles in order to fit the bowl and remove the crusts.
Line the basin with the bread, making sure there are no gaps, so the filling will stay in.
Spoon the fruit filling into the bread lined basin, reserving as much juice in the pan as you can.
Cover the pudding with another slice or slices of bread and pour over some of the reserved juices, so the bottom is nicely covered. Reserve the remaining juices for serving.
Cover the pudding with the overhanging clingfilm and then place a plate or a lid on it and put a weight on top (a tin of canned tomatoes or canned beans will do).
Refrigerate overnight so the bread can soak up the juices.
When ready to serve, open the clingfilm, place a plate on top of the basin and invert.
Pour over the reserved juices and serve with more fresh berries, vanilla ice cream or whipped cream.
__________________


20 de Julho e lá vamos nós para mais uma edição do nosso Sweet World.
A fim de aproveitar todos os frutos vermelhos da estação, decidimos voltar ao Reino Unido e desafiar-vos a fazer um muito British Summer Pudding.
O que é um Summer Pudding? Perguntam vocês?
Basicamente, o Summer Pudding, é um dos típicos pudins britânicos que é feito com pão branco (não usem pães integrais nem alternativos) e frutos vermelhos.
O pudim é montado, tradicionalmente, num destes recipientes mas, caso não tenham, podem usar um pirex, ou até mesmo uma forma de bolo sem buraco.
O pudim é montado e depois repousa no frigorífico de um dia para o outro, sendo depois desenformado e servido em fatias grossas, acompanhadas, tradicionalmente, por natas espessas ou natas batidas.
Esta sobremesa tornou-se muito popular nos finais do Século XIX, princípios do Século XX, não havendo no entanto, registos muito claros sobre a sua origem.
De acordo com o livro da Regula, o pudim era muito popular nas instancias balneares da altura e era muito apreciado pelas senhoras que se preocupavam com a dieta, pois o facto de ser feito com fatias de pão em vez de massa quebrada ou outro tipo de massa, fazia com que as senhoras achassem que seria uma opção mais saudável.
É um pudim que deve ser feito com pão que não seja muito fresco, pois ser estiver um bocadinho endurecido, torna a tarefa de forrar a forma mais fácil e o pudim mais saboroso.
A fruta usada tradicionalmente na confecção deste pudim são as framboesas, os mirtilos, as amoras e groselhas brancas, vermelhas e pretas.
Há quem use morangos mas, segundo a Regula, os morangos não ficam com um sabor muito agradável na mistura e são de evitar, podendo no entanto, ser utilizados no final, para decoração.
Basicamente esta foi a informação que encontrei e, como nunca tinha feito um Summer Pudding, abracei mais este desafio.
Então? Fazemos um Summer Pudding?


As regras, como sabem, são sempre as mesmas, ou seja:
  • Têm até ao dia 20 de Agosto para fazer e publicar o vosso Summer Pudding. 
  • Nesse mesmo dia, 20 de Agosto, será apresentado, no blogue da Susana, o tema para a próxima edição do Sweet World. 
  • Têm mesmo de deixar o link da vossa publicação aqui, neste post, para que possam fazer parte do Round up mensal, que aqui será apresentado no dia 25 de Agosto. 
Summer Pudding


Confesso que, vivendo eu há 10 anos no Reino Unido, nunca fiz Bread and Butter Pudding e este, o Summer Pudding, foi a primeira vez que o fiz.
Achava-o lindo e embora seja louca por frutos vermelhos, achava que não iria gostar do Pudim...
Que tontice!!! É tão maravilhoso e foi uma surpresa tão deliciosamente agradável e apaixonante, que vai ser feito sempre que possível e os ditos frutos estiverem na época.
Posso garantir-vos que fiquei absolutamente fã e ainda nem era meio dia e já a fatia que vêm nas fotos estava a ser devorada, lol.
Este é, de facto, um pudim que não tem muita ciência e é fácil de fazer.
Com uma lista mínima de ingredientes e técnicas, o único factor a que deverão dar a máxima atenção é à qualidade do pão.
Não usem pão de forma pre fatiado, pois correm o risco de ver o vosso pudim desmoronar quando o desenformarem.
Ora, sendo o tema pudim britânico, claro que recorri à mais recente bíblia sobre o assunto, o livro Pride and Pudding da Regula Ysewijn, o qual já aqui vos apresentei.


ingredientes (para um recipiente de 17cm de diâmetro):
650g framboesas
150g amoras
100g groselhas variadas, mirtilos, ou uma mistura de frutos vermelhos congelados (eu só usei frutos frescos).
50g açúcar demerara
1 pão de forma (a quantidade, dependerá do tamanho do recipiente que usarem)
preparação:
Untar ligeiramente a forma e forrá-la com película aderente, deixando uma quantidade de película para depois taparem o pudim.
Colocar a fruta num tacho com o açúcar e aquecer em lume brando por 2 ou 3 minutos, ou até a fruta começar a libertar o sumo. Atenção que se utilizarem fruta congelada, precisarão de mais tempo ao lume. Deixar a fruta e o sumo arrefecer no tacho.
Entretanto, cortar um círculo de uma fatia de pão do tamanho do fundo da forma.
Cortar o restante pão em fatias de 1cm de espesura e retirar-lhes as crostas. Só se usa o miolo nesta receita.
Cortar as fatias de pão em triângulos, para que seja mais fácil moldá-las à volta da forma.
Colocar o círculo de pão no fundo da forma e forrar as laterais com os triângulos, por forma a que não fique nenhum espaço vazio. Convém que a forma fique bem forrada com o pão, para que o recheio não escape.
Colocar o recheio dentro da forma forrada com o pão evitando locar muito sumo dentro da forma. Reservar o sumo que ficar no tacho.
Cobrir a superfície toda com mais fatias de pão e regar com um pouco do sumo que ficou no tacho, reservando o restante para o momento de servir.
Cobrir o pudim com a película aderente, colocar um prato vazio em cima do pudim e, em cima deste, colocar um peso (pode ser uma lata de tomates ou leguminosas), por forma a que o pudim fique prensado.
Levar ao frigorífico e refrigerar de um dia para o outro, para que o pão absorva o molho da fruta e fique tingido de vermelho.
No momento de servir, retirar o peso e o prato, abrir a película aderente e colocar um prato de serviço em cima da forma.
Inverter o pudim sobre o prato de serviço e rezar para que não se desmanche todo (lol).
Regar com o sumo reservado e servir em fatias grossas, acompanhadas de mais frutos vermelhos frescos e gelado de baunilha ou natas batidas ou espessas.

Recipe / Receita: