30 June 2016

Forest Moss Cake / Bolo Forest Moss.


Apparently the Forest Moss Cake is a Polish cake. Although I never heard of it, I found it while flicking (for the second time), through Paul Hollywood new cookbook, "The Weekend Baker".
In the book, Paul says he found it in a café and loved it so, he had to share the recipe.
I confess that, the first time I was flicking through the book, this cake didn't catch my eye but the second time, when I read the recipe properly and noticed the secret "healthy" ingredient, I got very excited about it.
SPINACH!
Yes! Spinach is the secret ingredient and, because Marta invited us to cook with spinach this month and... just in time for Marta's round up (because she kindly allowed), I invite Marta to take this cake and share it at her table because it really is divine!


ingredients (makes 1 large cake):
200g frozen spinach
butter, for greasing
225g plain flour
2 tsp baking powder
3 medium eggs
340g caster sugar
200ml sunflower oil
1 tsp vanilla extract
for the filling:
300g mascarpone cheese
150ml soured cream
25g icing sugar
for the topping:
30g pistachios
2 tbsp pomegranate seeds
method:
Place the frozen spinach in a sieve over a bowl. Leave to defrost, then squeeze it against the sieve to get rid of the moisture. Pat dry and chop finely.
Grease and line the base of a 23cm loose bottom cake tin with parchment paper. Preheat the oven to 180°C.
Sieve the flour and baking powder together.
In a large bowl, whisk the eggs and sugar together until pale, thick and fluffy.
Gradually add the oil and vanilla extract and whisk to combine.
Add the spinach and stir to combine.
Fold in the flour until thoroughly combined.
Pour the mixture into the prepared tin and bake for 40 to 45 minutes or until the cake is risen and golden and has come away from the sides of the tin.
Leave to cool in the tin for 5 minutes, then remove from the tin and leave to cool on a wire rack.
To make the filling, beat the mascarpone until soft and smooth.
Add the soured cream and icing sugar and stir until smooth and creamy. Chill in the fridge until ready to use.
To assemble the cake, remove the top third so the cake is level.
Place the base on a serving plate and spread the mascarpone filling over the it.
In a food processor, blitz the pistachios until finely chopped.
Add the top third of the cake to the processor and blitz until you have nutty crumbs.
Sprinkle the nutty crumbs over the creamy filling. You should have a thick amount of crumb. Decorate with the pomegranate seeds and put the cake into the fridge for at least 1 hour before serving.

__________________

De acordo com pesquisas que fiz, o Forest Moss é um bolo de origem polaca.
Confesso que não encontrei muito mais informação sobre o bolo e a pequena descrição que lhe serve de introdução no livro novo do "meu" padeiro preferido, o "The Weekend Baker" do Paul Hollywood, também não é muito descritiva.
Diz apenas que se cruzou com este bolo num café na Polónia e que é tão fofo, húmido e maravilhoso, que decidiu partilhar a receita no atrás citado livro.
Para vos ser 100% honesta, a primeira vez que folheei o livro, o bolo não me chamou a atenção e foi esta semana, num momento de tédio em que decidi ir fazer a segunda incursão pelas suas páginas que, ao ler a receita com atenção, fiquei super entusiasmada e só queria fazê-lo o mais rapidamente possível.
Ora, como sabem, no blogue da doce Marta, Junho é o mês dos espinafres.
ESPINAFRES?
Sim, espinafres! Espinafres são o ingrediente secreto e "saudável" deste bolo e como tal, fiquei em pulgas por o poder (ainda) apresentar na mesa de Junho da Marta e cá está ele!
Um bocadinho fora de prazo, mas com permissão da Marta que, é mesmo um amor e mo aceitou.
Martinha, leva então esta maravilha para a tua mesa de Junho, pois bem que merece ser partilhado e reproduzido por quem ficar curioso com esta combinação!!


ingredientes (para uma forma de 23cm):
200g folhas de espinafres congeladas
manteiga, para untar a forma
225g farinha de trigo branca
2 colheres chá de fermento em pó
3 ovos médios (M)
340g açúcar refinado branco
200ml óleo de girassol
1 colher chá de extracto de baunilha
para o recheio:
300g queijo mascarpone
150ml soured cream (natas azedas)
25g açúcar em pó
para a cobertura:
30g pistachios
2 colheres sopa de bagos de romã


preparação:
Colocar os espinafres numa taça sobre um coador e deixar descongelar à temperatura ambiente.
Espremer bem os espinafres a fim de lhes retirar toda a água, secá-los entre um pano de cozinha limpo e picá-los bem fininhos.
Untar bem uma forma de 23cm de diâmetro com fundo amovível e forrar a base com papel vegetal.
Aquecer o forno a 180°C.
Numa taça, peneirar a farinha com o fermento e reservar.
Na taça da batedeira eléctrica, bater os ovos com o açúcar, até obter uma mistura pálida, volumosa e cremosa.
Adicionar o óleo e a baunilha, em fio, batendo sempre, até estes estarem bem incorporados na mistura dos ovos.
Adicionar os espinafres e envolver tudo muito bem.
Adicionar a farinha e envolver até esta estar bem incorporada na mistura anterior.
Deitar a mistura na forma preparada e levar ao forno por cerca de 40 a 45 minutos, ou até um palito inserido no meio do bolo sair limpo.
Deixar arrefecer 5 minutos na própria forma e, findo esse tempo, desenformar sobre uma grelha para completo arrefecimento.
Para fazer o recheio, bater o mascarpone até este estar cremoso (como já vos disse antes, eu bato o mascarpone muito bem com um garfo, pois tenho sempre receio de que vire manteiga com a batedeira...).
Adicionar as natas azedas e o açúcar em pó e misturar tudo muito bem com a vara de arames, mas sem bater, por forma a obter uma mistura bem macia e cremosa. Colocar a mistura no frigorífico, até ao momento de montar o bolo.
Para montar o bolo: Cortar o terço superior (topo do bolo que saiu da forma) do bolo, por forma a que o bolo fique nivelado.
Colocar o bolo nivelado num prato de serviço, com a parte que foi cortada virada para cima.
Cobrir com o creme de mascarpone.
No copo do robot de cozinha, colocar os pistachios e pulsar, até estes estarem grosseiramente picados.
Adicionar o bolo que sobrou do nivelamento e pulsar até obter uma mistura tipo pão ralado.
Polvilhar esta mistura sobre o mascarpone (só no topo).
De acordo com o Paul, esta camada deverá ser uma camada espessa, por isso, não achem que é muito, pois aparentemente não é.
Decorar com a romã e levar ao frigorífico por, no mínimo, 1 hora.


Nota: Eu coloquei o aro da forma em cima do prato e à volta do bolo, para assim uniformizar melhor, tanto a mistura de mascarpone, como depois o polvilhar da cobertura.
Levei ao frigorífico com o aro à volta e só retirei o aro no momento de servir.

Recipe / Receita: