21 March 2017

Jerusalem artichoke and Chestnut Soup with Chorizo and Apple / Sopa de Girassol batateiro e Castanhas, com Chouriço e Maçã.


When you think you add all the possible Jerusalem artichoke soup combinations that can be, and that this kind of soup can't be improved anymore, here comes another fabulous combination that leaves you on your knees. Yes!! and I promise, I'm not exagerating.
Just check under the "soup" label here on the blog and you'll see how many Jerusalem artichoke soups I made already! Not just one, two or three but more than that and all of them, absolutely delicious!
As I had a bag of Jerusalem artichokes in the fridge, as soon as I saw this recipe in one of Chef Maria Elia books, the "Full of Flavour" book, of course, I couldn't hold myself but use them artichokes in this recipe.
No words!!! A true delight and that's another reason why I love this ingredient so much. Absolutely divine!


ingredients (serves 4):
50g unsalted butter
4 shallots, thinly sliced
2 garlic cloves, thinly sliced
2 tbsp thyme leaves, chopped
1kg Jerusalem artichokes, peeled, sliced and placed in acidulated water
50ml sherry
55g cooked chestnuts (vacuum packed)
1l chicken stock
sea salt and freshly ground black pepper
1/2 Bramley apple, peeled, cored and cut into 1cm dice
10g caster sugar
knob of butter
olive oil
1 cooking chorizo
200ml cream (optional)
2 tbsp parsley, chopped, to serve
method:
Heat the butter in a large pan.
Add the shallots and cook over a low heat for 10 minutes until softened and slightly caramelized.
Add the garlic, thyme and Jerusalem artichokes and cook for a further 5 minutes.
Add the sherry, chestnuts and chicken stock and bring to the boil.
Reduce to a simmer, season with salt and pepper and cook for about 15 to 20 minutes, or until the artichokes are tender.
Meanwhile, preheat a frying pan.
Toss the apple in the sugar and pour into the hot pan. The sugar will start to caramelise as it hits the pan. Add a knob of butter and cook for 1 minute over a high heat until golden. Set aside.
Wipe the pan with kitchen paper and preheat again.
Slice the chorizo and cook in the hot frying pan with a little olive oil or for 3 minutes and set aside.
Blitz the artichoke soup in a blender until smooth, then return to the pan, adding cream if desired.
Check the seasoning and warm through.
Add a little extra stock or water if it's too thick.
Divide the soup between 4 bowls and top with the chorizo.
Drizzle with the chorizo oil and scatter with apple and a sprinkling of the chopped parsley.
Serve with crusty bread.

__________________

Quando se pensa que uma sopa, com um determinado ingrediente, já não nos poderá surpreender mais, eis que surge uma nova receita que nos deixa completamente KO e a questionar como é que estes Chefs famosos se lembram de juntar tanta coisa boa num só prato!
Foi o caso desta sopa!
Se procurarem no blogue, concluiram que já fiz várias sopas com girassol batateiro.
Não 1, 2 ou 3, mas mais que isso!
Todas maravilhosas, admito, e eu sou suspeita, pois como já referi várias vezes, adoro este ingrediente...
Sinceramente, pensei que já não podia ficar surpreendida com mais nenhuma sopa de girassol batateiro, pois todas, mais ou menos, andam à volta do mesmo. Eis senão quando, me deparo com esta receita magnífica, num outro livro da Chef Maria Elia, o "Full of Flavour"!!
A sério!! Só experimentando poderão perceber do que falo e do quanto, cada vez mais, admiro estes Chefs, formados e com conhecimento de causa e as combinações fantásticas com as quais ainda me surpreendem!
Claro que assim que li "chouriço", não resisti e tive de experimentar mais esta receita de mais uma sopa de girassol batateiro.
O veredicto final? Pois... vão achar exagero, mas sinceramente, é de cair para o lado!
Se tiverem oportunidade, experimentem e digam-me de vossa justiça!


ingredientes (para 4 pessoas):
50g manteiga sem sal
4 chalotas, fatiadas finamente 
2 dentes de alho, fatiados finamente
2 colheres sopa de folhas de tomilho fresco, picado
1kg de girassol batateiro, descascado, cortado em pedaços e colocado em água com limão (para que não oxide)
50ml Xerez
55g castanhas cozidas (de lata ou em vácuo)
1l caldo de galinha
sal e pimenta preta do moínho
1/2 maçã Bramley (ou outra semelhante), descascada, descaroçada e cortada em cubos de 1cm.
10g açúcar refinado branco
uma noz de manteiga
azeite
1 chouriço, cerca de125g
200ml natas para culinária (opcional)
2 colheres sopa de salsa, picada
preparação:
Aquecer a manteiga numa panela.
Adicionar as chalotas e cozinhar sobre lume brando, por cerca de 10 minutos, ou até estas estarem macias e ligeiramente caramelizadas.
Adicionar o alho, o tomilho e o girassol batateiro escorrido e cozinhar por mais 5 minutos.
Adicionar o Xerez, as castanhas e o caldo de galinha e deixar levantar fervura.
Baixar o lume, temperar de sal e pimenta e cozinhar por cerca de 15 a 20 minutos, ou até o girassol batateiro estar macio.
Entretanto, aquecer muito bem uma frigideira.
Numa taça, misturar a a maçã com o açúcar e deitar a mistura na frigideira quente. O açúcar começará a caramelizar imediatamente e assim sendo, adicionar uma noz de manteiga. Envolver tudo muito bem e cozinhar por cerca de 1 minuto sobre lume alto. Retirar do lume, transferir para uma taça e reservar.
Limpar a frigideira com papel de cozinha e aquecê-la novamente.
Cortar o chouriço em rodelas e fritá-lo, na frigideira aquecida, por cerca de 3 minutos, juntamente com um bocadinho de azeite. Reservar.
Com a ajuda de uma varinha mágica ou liquidificador, reduzir a sopa a um puré macio.
Colocar a sopa de volta na panela e, caso queiram, adicionar as natas. Aquecer a sopa e rectificar os temperos.
Caso achem a sopa muito espessa, adicionar mais um bocadinho de água ou caldo, por forma a obterem a consistência desejada.
Na hora de servir, dividir a sopa por 4 pratos ou tigelas.
Decorar a sopa com as rodelas do chouriço e a maçã.
Regar com a gordura do chouriço e polvilhar com a salsa picada.
Servir a sopa acompanhada de um bom pão estaladiço!

Recipe / Receita: