31 December 2016

Blueberry, Tarragon and Vodka Punch and Happy 2017 / Ponche de Vodka com Mirtilos e Estragão e um muito, muito Feliz 2017.


Last day of 2016 and here we are again, thinking about the year we had and making resolutions for the year that will start tomorrow. 2017!
I'm not the kind of person that thinks a lot about how was the year that is finishing or that makes new year resolutions.
For me, if the overall year was good, I call it a good or even fantastic year. If it was bad, I think about what spoiled it and try to not make or allow the same bad things to happen the following year and those are my only resolutions.
Worldwide, 2016 was a very strange year and brexit and the Trump election were just a few of the most concerning and strange things that happened this year, although the consequences from both decisions are still to come...
Personally, it was a very good year and I'm finishing it with a very big smile on my face.
It was a calm and relaxed year.
I retook control of myself and of whom I really are.
Apart from my truthful and real friends and my family, I socialized with very interesting and wise people on social media (blog and Instagram) and I can even say that I have new and fabulous virtual friends and Kimberly, Aimee and Emilie, are just a few names that are worth mention because they are, all of them, absolutely fabulous people and some of my virtual friends and food heroes!
This year, I got to really know people to whom I didn't give much attention in the past and I even changed my opinion - aka "preconceived" idea - about them and how fabulous people they are.
I also came to the conclusion that not everything that looks precious or true, turns out to be and this apply to people, places and all sorts of things that promise to be more than they really are.
The "All that glitters is not gold" well known old saying has never been so important in my life and that's the one I'm treasuring the most now that 2016 came to an end.
Saying that, I just hope for my 2017, if not better, to be as pleasant and good as 2016.
To all of you, I wish a VERY HAPPY 2017!
May all your dreams and wishes come true and may the World be a Peaceful and Better place to live, despite all the 2016 bizarre decisions.
As this is the last post of the year and just as I did last year, I'm leaving you a delicious cocktail to say goodbye to 2016 and to welcome 2017.
Last year, I left you with this delicious Sangria and this year I'm leaving you this fabulous Punch.
Donna Hay magazine is becoming a tradition for the last and first posts of the year and this year will be no exception as this cocktail is from a Donna Hay magazine.



ingredients (serves 6 to 8):
1.25 litres soda water
3 litres chilled old fashioned lemonade
500ml vodka
250g blueberries
2 lemons, thinly sliced
10 springs tarragon
crushed ice, to serve
method:
Put all the ingredients in a 5 litre capacity jug and stir to combine.
__________________

31 de Dezembro de 2016!
Assim chegamos ao fim de mais um ano.
Um ano que passou num piscar de olhos e que, para mim, posso dizer, foi um ano fantástico.
Como já vos disse várias vezes, não sou de fazer balanços de fim de ano, nem de resoluções de ano novo.
Para mim, chegada esta altura, o ano foi bom ou mau.
Se bom, óptimo!
Se mau, há que pensar e reflectir no que de mau aconteceu e tentar que o mesmo não se repita no ano seguinte. Foi exactamente o que aconteceu no final de 2015 e por isso 2016 foi um ano excelente, pois não deixei que se cometessem ou não cometi os mesmos erros que cometi em 2015.
Em 2016 voltei a ser eu mesma, a ter controlo absoluto da minha pessoa e da minha personalidade que odeio perder, sejam quais forem as circunstâncias.
Em termos de socieade e a nível mundial, pode-se concluir que 2016 foi um ano super estranho e bizarro.
Decisões como o brexit ou a eleição do Trump (cujas consequências ainda estão para vir), serão com certeza os pontos mais altos de um ano em que se pode concluir que o ser humano está, uma vez mais, cansado de estar em Paz e, como tal, com a tomada de tão dramáticas decisões, estará, no mínimo, a pedir para que o sistema seja abanado, mas abanado de tal forma que as consequências poderão e serão gravíssimas...
A nível pessoal, como já acima referi, 2016 foi um ano fabuloso!
Além da família e dos amigos verdadeiros, reais e de longa data, conheci e relacionei-me virtualmente com pessoas absolutamente fabulosas, inteligentes e que só acrescentaram algo de positivo à minha vida.
Blogue e Instagram (rede social que adoro e na qual sempre admiti ser viciadíssima), ambas as plataformas me permitiram relacionar com pessoas magníficas e posso dizer que fiz "amigos virtuais" fabulosos, tais como a Kimberly, a Aimee e a Emilie.
Aprendi a conhecer e a "ouvir" pessoas às quais não tinha dado importância até então e não por snobismo, mas por delas ter uma ideia negativa e pré concebida (mea culpa), que em nada corresponde à realidade.
Aprendi a dar mais valor ao velho ditado "nem tudo o que luz é ouro" e confesso, este foi o "mantra" de 2016 e aplica-se a tudo, pessoas, locais ou o que quer que seja que promete, promete, mas no final, não passa do que eu costumo chamar de "muita parra e pouca uva"...!
Este foi também o ano em que eu e a Susana demos corpo e alma ao nosso lindo Sweet World. Um desafio mensal que nos permite aprender e criar e sair da nossa zona de conforto e ir mais além e sair do "ram-ram", do básico e nos permitiu, durante os 12 temas que já lançámos, a nós e a todos os que nos acompanharam, crescer e aprender em termos de doçaria. Ousar! Ousar fazer o que, sem o desafio, jamais teriamos ousado fazer, com medo de falhar e falhar é bom, pois falhar é aprender, é tentar ser melhor!
Este foi também o ano em que a Ana lançou o Nosso Grande Bake Off, um desafio que adoro e me estimula tanto quanto o SW e foi também o ano em que outra das minhas bloggers preferidas lançou o "Ingrediente do Mês". A querida Marta, em cujo ingrediente do mês não consegui participar este mês de Dezembro, o que muito me entristece...
às duas, Ana e Marta, o meu muito obrigada por estes fantásticos desafios e por terem tornado a blogosfera muito mais interessante em 2016!
Sem querer fazer um balanço de 2016, mas tendo-o feito, só me resta deixar-vos com esta sugestão que, à semalhança do ano passado, já começa a ser uma tradição aqui no blogue.
Um cocktail para dizer adeus ao ano velho e dar as boas vindas ao ano novo!
O ano passado, deixei-vos esta maravilhosa sangria e este ano, deixo-vos este Ponche super delicioso.
Ambas as sugestões de revistas da Donna Hay, que também já começa a fazer parte das tradições do blogue, ou seja, o último e o primeiro posts do ano, são quase sempre da Donna Hay e das suas revistas magníficas.
Assim sendo, a todos os que aqui passam, desejo um MUITO FELIZ 2017, recheado de tudo o que há de melhor.
Que o Mundo seja um local onde imperam a Paz, a Generosidade e a Bondade e onde se possa viver em Harmonia e sem Conflitos e Mesquinhez!
FELIZ 2017!!


ingredientes (para 6 a 8 pessoas):
1.25 litros de água com gás
3 litros de limonada
500ml vodka
250g mirtilos
2 limões, finamente fatiados
10 pézinhos de estragão
gelo picado, para servir
preparação:
Colocar todos os ingredientes num recipiente com capacidade para 5 litros.
Mexer bem e servir.


Recipe / Receita: Donna Hay magazine (Celebrate Dec./Jan. 2016).