6 January 2016

Smashed pavlova with blackberries, currants and roasted strawberry jam / Pavlova "esmagada" com amoras, groselhas e compota de morangos no forno.



I confess that keeping up, or restarting the usual pace of the publications here on the blog is being very hard lately.
Not because I stopped cooking, I don't like or do it as often as I used to but, only because, in this country, it's being very difficult to have some nice natural light to take pictures of the food.
I can't take the photos outside because it's raining all the time and inside, if I turn off the house lights, it's like it's night 24 hours a day... GRRR!!!
Saying that, and even if the photos are not what I expected them to be, I leave you the recipe for this delicious pavlova.
The recipe is from the brand new issue of Donna Hay magazine and it's to good to not be published.
The original recipe is with roasted raspberry jam but I couldn't find any the day I decided to make the pavlova so, I used strawberries.

ingredients (serves 8 to 10):
225ml egg whites (approximately 6 eggs)
330g caster sugar
1 1/2 tsp white vinegar
375ml double cream
200g blackberries (I used blackberries and a mix of red and dark currants)
mint leaves, to serve (I used micro greens)
icing sugar, for dusting
for the roasted strawberry jam:
500g strawberries, washed, hulled and cut into quarters or halves
165g caster sugar
1 vanilla bean, split and seeds scrapped
method:
Preheat the oven to 220ºC.
Place the strawberries, sugar and vanilla bean and seeds in a small roasting tin and mix to combine.
Cook, stirring from time to time, for 25 to 30 minutes or until thickened.
Set aside to cool completely. Remove and discard the vanilla bean or wash it, dry it and put it inside a pot of sugar.
Reduce the oven temperature to 150ºC.
Place the egg whites in the bowl of an electric mixer and whisk on high speed until stiff peaks form.
Add the sugar, 1 tablespoon at a time, waiting 30 seconds before adding the next tablespoon.
Once all the sugar has been incorporated, scrape down the sides of the bowl and whisk for a further 6 minutes or until the mixture is stiff and glossy.
Add the vinegar and whisk for a further 2 minutes or until glossy and combined.
Place spoonfuls of the meringue onto a baking tray lined with baking paper in order to make a 22cm round.
Reduce the oven temperature to 120ºC and cook the meringue for 1 hour.
Turn the oven off and allow the pavlova to cool completely in the oven.
Place the cream in the bowl of an electric mixer and whisk to stiff peaks.
Place the pavlova on a large serving plate and crush slightly with the back of a large spoon.
Spoon over the cream and drizzle with the strawberry jam.
Top with the berries and mint and dust with icing sugar to serve.

__________________

Confesso que está a ser difícil retomar as publicações aqui no blogue.
Não porque tenha parado de cozinhar, já não goste de o fazer, ou não me apeteça, pois esses não são os problemas com que me deparo.
Continuo a cozinhar com o mesmo entusiasmo de sempre. O problema é que está dificílimo fotografar nesta terra! A luz natural é escassa, ou nenhuma e, para a rua não posso ir, pois chove quase o tempo todo e dentro de casa,  se desligo as luzes, é de noite 24 horas por dia.
Acreditem que nem à 1 da tarde é possível desligar a luz cá em casa... GRRR!!!.
Bom, dito isto e sem muito entusiasmo, devido à má qualidade das fotos, deixo-vos hoje esta receita da Donna Hay que, apesar da luz e das fotos estarem um nojo, é deliciosa demais para não ser partilhada.
A receita original é com compota de framboesas, mas como no dia em que a fiz, não encontrei framboesas, decidi fazê-la com morangos que, não estando na época, podem imaginar que lucraram e muito, com o facto de terem ido ao forno e terem sido transformados em compota.


ingredientes (para 8 a 10 pessoas):
225ml claras de ovo (cerca de 6 ovos)
330g açúcar refinado branco
1 1/2 colheres chá de vinagre de vinho branco
375ml natas para bater
200g amoras (eu usei amoras e uma mistura de groselhas)
folhas de menta, para decorar (eu usei micro ervas)
açúcar em pó, para polvilhar
para a compota de morangos:
500g morangos, lavados, arranjados e cortados em metades ou quartos
165g açúcar refinado branco
1 vagem de baunilha, cortada ao meio e sementes raspadas
preparação:
Aquecer o forno a 220ºC.
Num tabuleiro de ir ao forno, colocar os morangos, o açúcar, a vagem da baunilha e as sementes raspadas.
Misturar tudo muito bem e levar ao forno, mexendo frequentemente, por cerca de 25 a 30 minutos, ou até a mistura ganhar uma consistência de compota.
Retirar do forno e reservar até estar completamente fria. Retirar a vagem da baunilha e descartá-la ou lavá-la, secá-la e colocá-la dentro do açucareiro.
Reduzir a temperatura do forno para os 150ºC.
Colocar as claras na taça da batedeira eléctrica e bater em velocidade máxima, até as mesmas estarem em castelo firme.
Adicionar o açúcar, uma colher de sopa de cada vez, batendo por cerca de 30 segundos, antes de adicionar a seguinte.
Quando tiver incorporado todo o açúcar, raspar os lados e fundo da taça com uma espátula e bater por mais 6 minutos, ou até a mistura estar espessa e brilhante.
Adicionar o vinagre e voltar a bater por mais 2 minutos, ou até o vinagre estar incorporado e a mistura estar brilhante.
Forrar um tabuleiro com papel vegetal e sobre este, colocar colheradas da mistura, de forma a obter um círculo de cerca de 22cm de diâmetro.
Reduzir a temperatura do forno para os 120ºC e cozinhar a pavlova por cerca de 1 hora.
Desligar o forno e deixar a pavlova lá dentro, até estar completamente fria (eu costumo fazê-la à noite, desligo o forno e não lhe toco até ao outro dia de manhã).
Na altura de servir, bater as natas até estas estarem espessas (atenção para que não virem manteiga).
Colocar a pavlova num prato de serviço e com as costas de uma colher grande, esmagá-la (parti-la) ligeiramente, "aqui e ali".
Decorar a pavlova com as natas batidas e algumas colheradas da compota de morangos.
Distribuir os frutos e as ervas escolhidos por cima da pavlova e, por fim, polvilhar com açúcar em pó.


Recipe / Receita: Donna Hay magazine (Feb. - Mar. 2016).