18 December 2013

Raspberry and white chocolate tart / Tarte de framboesas e chocolate branco.


Today we're talking about the senses and food is all about the senses - all of them.
Lets play a game: let me tell you a story about an amazing tart. At its heart, a crunchy and totally scrumptious hazelnut pastry base, brushed with melted white chocolate to create a protective coat between the pastry and the velvety white chocolate mousse that goes on top. And to cap it all, a myriad of juicy glistening scarlet raspberries...
Aren't your senses all tingling by now? Of course they are. They're fighting with each other at the thought of that alluring vision.
Maria in partnership with Alecrim aos Molhos, challenged us to create a recipe and connect it with one, just one of the five senses and although  I think with food, it is difficult to separate them, I chose vision as the sense I wanted to connect with my recipe.
Why? Because when you look at a plate of food and it looks beautiful and appealing, you just want to tuck in, and smell it and touch it and eat it.
Vision opens the door to all the other senses - as they say, the eyes are the first to eat and for me, nothing awakes my senses more than the vision of shinning red raspberries sitting on such a wonderful magic carpet.
That is what inspired me to choose this recipe for Maria and Alecrim aos Molhos challenge and I hope they enjoy it half as much as I have!!

ingredients for the hazelnut sablée pastry:
80g ground hazelnuts
180g plain flour
120g cold butter, diced
120g icing sugar
small pinch of salt
1 medium egg
for the white chocolate mousse:
2 small gelatine leaves (3g)
120g white chocolate
200ml double cream
1 vanilla pod, opened and scrapped
280ml double cream, softly whipped
for the filling:
100g white chocolate
20g butter
600g fresh raspberries
150g raspberry jam
1 tbsp water
method:
To make the pastry using a food processor or and electric mixer with a paddle:
At slow speed, mix the hazelnuts, flour, salt, icing sugar and butter until the mixture has a sandy texture.
Add the egg, and mix until it has an even consistency.
Gather the pastry into a rectangular shape and wrap it in clingfilm. Set in the fridge for 1 hour.
To make the white chocolate mousse:
Soften the gelatine leaves in cold water for 10 minutes.
Break the chocolate into pieces and put it in a large bowl.
Drain off the water from the gelatine and add them to the chocolate.
Bring to the boil the cream and vanilla pod and seeds and pour it over the chocolate through a sieve.
Stir until the chocolate is melted and cool for 15 minutes at room temperature.
Fold in the whipped cream and set in the fridge for a minimum of 4 hours before use.
Line the tart tin with the pastry, prick with a fork and freeze for 15 minutes.
Preheat the oven to 160ºC.
Blind bake the pastry straight from the freezer for 15 to 20 minutes or until golden brown.
Melt the white chocolate and butter and brush the pastry base with a thin layer of the mixture. Set in the fridge for 15 minutes.
Pipe or spoon a layer of the white chocolate mousse over the pastry and top with the raspberries.
In a small pan, warm the jam with the water and using a pastry brush, brush it over the raspberries.
__________________

Hoje vamos falar sobre os 5 sentidos e comida é tudo sobre os sentidos, todos eles!
Senão vejamos: Se eu começar a contar-vos a história de uma tarte totalmente divina, que tem como base uma crocante e absolutamente deliciosa base de massa areada de avelãs, pincelada com chocolate branco derretido, que serve de cama à aveludada mousse de chocolate branco que vai cobri-la, a qual servirá de colchão a um manto de suculentas framboesas vermelhas...
Não estão já com os sentidos todos em ebulição, a lutar e a esbarrar uns com os outros, perante tão sedutora visão? Claro que estão!!
Pois bem, a Maria juntou-se à Alecrim aos Molhos e ambas desafiaram-nos a criar uma receita e a escolher um e só um dos 5 sentidos, para a descrever.
Embora para mim seja super difícil - no que se relaciona com comida - separar os 5 sentidos, escolhi a visão como o sentido que quero associar à minha receita.
E escolhi a visão porquê? Porque como diz o ditado, os olhos também comem e são sempre os primeiros a comer e como tal, se nos apresentam um prato de comida lindo, apetitoso e convidativo, já está a porta aberta para o despertar de todos os outros sentidos.
Ora, como a mim, nada desperta mais os sentidos, que a visão de um tapete vermelho de sumarentas framboesas, geometricamente disposto em cima de uma carpete mágica de mousse de chocolate branco, esta foi a receita que escolhi e com a qual participo no desafio da Maria e da Alecrim aos Molhos e espero que lhes dê tanto prazer, como a mim me deu prepará-la, contemplá-la, cheirá-la e degustá-la.
ingredientes para a massa areada de avelãs:
80g avelãs raladas
180g farinha de trigo branca
120g manteiga gelada, cortada em cubos
120g açúcar em pó
uma pitada pequena de sal
1 ovo médio (M)
para a mousse de chocolate branco:
2 folhas pequenas de gelatina (3g)
120g chocolate branco
200ml natas para culinária
1 vagem de baunilha, aberta e ao meio e sementes raspadas
280ml natas para bater, batidas em Chantilly ligeiro
para finalizar:
100g chocolate branco
20g manteiga
600g framboesas frescas
150g doce de framboesa
1 colher sopa de água
preparação:
Para fazer a massa usando um robot de cozinha ou a batedeira eléctrica, equipada com a pá:
Em velocidade baixa, misturar as avelãs, com a farinha, o sal, o açúcar em pó e a manteiga, até obter uma mistura areada.
Adicionar o ovo e misturar até obter uma massa homogénea.
Colocar a massa em cima de película aderente, formar (mais ou menos) um rectângulo, embrulhar a massa e colocá-la a repousar no frigorífico por, pelo menos, 1 hora.
Para fazer a mousse de chocolate branco:
Colocar as folhas de gelatina em água fria e demolhar por 10 minutos.
Partir o chocolate em bocadinhos e colocá-lo numa taça grande.
Escorrer bem as folhas de gelatina e juntá-las ao chocolate.
Num tachinho, ferver as natas, juntamente com as sementes raspadas e a vagem da baunilha.
Coar as natas e juntá-las ao chocolate branco e à gelatina, mexendo bem com uma espátula, até o chocolate estar completamente derretido.
Deixar arrefecer por 15 minutos à temperatura ambiente.
Findo esse tempo, envolver as natas batidas na mistura do chocolate e levar a mousse ao frigorífico por, pelo menos, 4 horas.
Entretanto, estender a massa e com ela, forrar uma tarteira.
Picar a base da massa com um garfo e colocar a tarteira ao congelador por 15 minutos.
Aquecer o forno a 160ºC.
Transferir a tarteira directamente do congelador para o forno aquecido e cozer a massa por cerca de 15 a 20 minutos, ou até a massa estar bem douradinha.
Derreter o chocolate branco com a manteiga e, com a mistura, pincelar uma camada uniforme e fina, sobre a massa. Colocar a tarteira no frigorífico por 15 minutos.
Na hora de servir, distribuir a mousse de chocolate branco por sobre a massa pincelada e cobrir com as framboesas.
Num tachinho, aquecer o doce com a água e pincelá-lo  sobre as framboesas.

Recipe / Receita: